NOTÍCIAS

SERVIÇOS

                    Os sistemas de saúde buscam, como objetivos a serem alcançados, a garantia do acesso universal, a prestação do cuidado efetivo, o eficiente uso dos recursos disponíveis, a qualidade na prestação dos serviços e a capacidade de resposta às necessidades de saúde da população.

                    Os sistemas de saúde têm se organizado de formas distintas para alcançá-los. Existe também um dilema inerente ao setor. Por um lado, as mudanças no perfil demográfico e epidemiológico e a constante busca por novas técnicas de diagnose e terapêuticas geram um forte interesse e uma pressão da população e dos profissionais de saúde para a introdução dessas novas tecnologias e dos procedimentos que possam melhorar a capacidade de resposta às doenças prevalentes e atender às necessidades da população.

                    Por outro lado, tecnologias e intervenções inadequadamente testadas e avaliadas quanto aos seus benefícios, além de não apresentarem os resultados esperados, podem despender recursos que, muitas vezes, são insuficientes para atender a todas as necessidades de saúde de uma determinada população.

Para garantir saúde para uma determinada população, é necessário assegurar o acesso aos serviços de saúde.

                    A Regulação pode ser organizada da seguinte forma:

                           » Regulação da Qualidade e Eficiência da Atenção: avaliação do custo-benefício das intervenções, capacitação dos profissionais de saúde, avaliação dos prestadores com estabelecimento de padrões de excelência;

                          » Regulação do Acesso: definição de protocolos clínicos e fluxos assistenciais, monitoramento e avaliação das referências, integração das ações e serviços;

                          » Regulação dos Prestadores: definição de contratos, formas de pagamento que estimulem a produção de ações e serviços necessários, distribuição geográfica adequada ao acesso da população às ações e serviços de saúde;

 

                     Diante do cenário atual, em Setembro de 2014 os municípios consorciados aprovaram a implantação do Departamento de Regulação Regional – CIENSP visando atender de forma equânime à população de abrangência.

 



PÁG. ANTERIOR

Acessibilidade

Confira também: